fbpx

A importância de tomar boas decisões

As rotinas nas corporações e demandas atribuidas com velocidade, nos colocam em uma posição de tomar decisões importantes varias vezes, dia apos dia, hora a hora, minuto a minuto. Sempre temos escolhas, dependendo do tipo de ação que tomarmos com certeza trará uma resposta que pode ser mais auspiciosa ou negativa.

Isso impacta de muitas maneiras em uma organização, pois devemos ter o pressuposto de não nos abster das responsabilidades sob as ações que tomamos, assim como não podemos nos abdicar das responsabilidades que temos tanto na tomada de decisões quanto para as pessoas que dependem da instituição.

Por isso é muito importante que haja tomada de decisões de uma forma assertiva pelos gestores, pois são eles os responsáveis pela vida sustentável e continua da instituição, e é função deles manter o rumo dos negocios em uma contância.

Por isso essa importância de entender mais sobre tomar decisões e faze-lá acima de tudo sem acarretar maiores percausos durante o percurso,  sabemos que decisões importantes sempre geram “stress”, mas acima de tudo devemos aproveitar os momentos e tirar o maximo proveito e ensinamento de cada situação afim de interpor possitivamente em novas decisões futuras.

Como facilitar este processo
Tente enxergar o cenário por outros ângulos…

Quando você enxerga uma situação por ângulos diferentes, você consegue perceber um leque de oportunidades para fazer algo diferente em relação a alguma situação ali imposta.

Seja um expectador na hora de tomar uma decisão e olhe para o problema com os olhos de quem está fora sobre aquela determinada questão, isso lhe dará uma visão mais generosa sobre a situação, fará você pensar e lhe dará uma opinião mais aberta sobre os assuntos que terá que resolver. Exercite a paciência e a coloque em pratica, isso tornará o processo de decisão mais facil.

Não seja impulsivo
É importante que você saiba não tomar ações baseadas no impulso. Reflita bastante, analise os processos, elabore um plano para processar os fatos, para que em seguida possa chegar à uma decisão que seja benéfica para o maior numero de pessoas possível. Tire o tempo necessário para elaborar o plano, pensar na ações, refletir bastante sobre o assunto, afim de não se precipitar e arriscar tomar uma decisão errada.

Quando decide-se de maneira impulsiva, sem analisar o contexto como um todo, perde-se a oportunidade de tomar uma decisão assertiva, podendo esta prejudicar mais do que ajudar no futuro a tendência é que deixemos a emoção falar mais alto e fiquemos cegos para os fatos reais que a envolvem.

Os tipos de tomada de decisão

Vamos conhecer mais de perto os tipos de decisões tomada pelos gestores…

Valores pessoais
Todos nó construímos valores e acumulamos experiências ao longo de nossas vidas.

São essas experiências que norteiam a tomada de decisão com base em valores adquirido pelas pessoas.

Quando utilizamos desse conhecimento no dia a dia, tanto na vida profissional com na vida particular para tomar uma atitude em prol da instituição temos a tendencia de levar em consideração os valores que formamos ao longo de sua vida para decidir ou não por algo.

Este é um tipo de decisão que pode ser facilmente confundida com a decisão intuitiva, no entanto, existem pontos que as diferenciam.

Decisões Racionais
A decisão racional é aquela que vai justamente na direção contrária à decisão intuitiva, sendo este o tipo que a maioria das pessoas mais desejam aplicar em seu dia a dia. Isso porque ela faz com que o indivíduo leve em consideração os aspectos lógicos dos fatos, para que assim este tenha subsídios mais sólidos para decidir ou não por algo.

Para isso, ele faz uma lista com todas as opções disponíveis, analisando cada uma delas, para que assim possa tomar uma decisão mais consciente e segura ao longo de seu dia dentro da empresa.

Intuitiva
Tanto dentro quanto fora do contexto organizacional a intuição é uma das ferramentas utilizadas para tomada de decisão. Uma decisão desta natureza é basicamente aquela que tomamos considerando apenas os sinais que nossa intuição nos dá, ou seja, é uma sensação interna que temos, que favorece determinado ponto, em detrimento de outro, não levando em consideração aspectos lógicos e racionais para escolher algo.

A intuição ou o instinto também são os resultados de vários processamentos que ocorrem no cérebro.

Pesquisas sugerem que o cérebro é uma grande máquina de previsões, constantemente comparando a informação sensorial e as experiências atuais com o conhecimento depositado e as memórias de experiências passadas. Cientistas chamam isso de “estrutura de processamento preditivo”.

Neste sentido, é importante enfatizar que nem sempre este tipo de decisão é o melhor recurso a ser utilizado, principalmente no contexto empresarial. Digo isso, pois, conforme veremos mais adiante, é necessário contar com uma série de fatores e análises mais consistentes, para que assim seja possível tomar uma decisão assertiva e que beneficie a todos os envolvidos nos processos de uma empresa.

Coletividade
Essa é a forma mais ideal para se tomar uma decisão correta, contar com a colaboração das pessoas envolvidas no processo. Ter um time forte e colaborativo é muito impotante para processo decisório que é tomado de forma conjunta!

No contexto empresarial, o gestor realiza reuniões e conta com a ajuda, opiniões e sugestões de seus colaboradores para decidir quais rumos deve-se tomar nos processos organizacionais.

Serviço Especializado
Quando a gestão não consegue atingir objetivos de uma maneira eficaz, existem alternativas para que se possa tomar decisões assertivas contando com profissionais terceiros especializados.

Outra maneira é contratação de sistemas de gestão que possam ajudar levantando informações necessárias para que a gestão possa sim tomar ações assertivas para o sucesso do negócio!

Veja esse conteúdo: Benefícios de um sistema ERP para sua indústria.

Em muitos momentos, trata-se do tipo de decisão mais sensata que um líder, empresário, gestor ou empreendedor pode tomar pelo seu negócio de uma forma geral.
Assim, teremos uma visão mais ampla das implicações de cada uma delas e poderemos decidir de maneira mais assertiva, segura e racional.
Conheça a Lógica – Gestão, Negócios e Tecnologia e veja como podemos ajudar você a tomar decisões mais assertivas no seu negócio.